GOL DE PLACA 3X3 CACHAÇA

Um empate e duas grandes equipes

Primeira rodada da A5 Cup já teve confronto entre favoritos

 

 

Duas grandes equipes do Fut 7 regional, dois elencos recheados de craques e duas torcidas empolgadas e barulhentas! Era o anúncio de um altíssimo confronto no “grupo da morte”.
Se o termômetro indicava média de 12°C quando a bola rolou para o segundo jogo do Grupo B, a certeza era que os times do Gol de Placa e Cachaça iriam colocar fogo na Quadra do Corinthians.
Chegou a vez de substituir os tremores de frio pelos de empolgação e ficar de olhos bem atentos para não perder nenhum lance do duelo mais esperado da primeira rodada. De um lado, o Cachaça que é velho conhecido da A5; e do outro, o Gol de Placa experiente e respeitado no F7.
Devidamente apresentados, vamos ao jogo!

 

 

A primeira chance clara de gol foi dos cachaceiros. César ficou cara a cara com o goleiro Arlindo e quase abriu o placar.
A postura assumida pelo Cachaça no início da partida era de intimidação, e funcionou quando Vavá achou o corredor da direita livre e bateu de longe, fazendo Arlindo saltar para a defesa.
Os bons de copos chegaram outra vez, agora no tiro de canto com Limbeck levantando na área, César subiu de cabeça e mandou outra grande oportunidade para fora!
Se os cachaceiros ditavam o ritmo inicial, o Gol de Placa esperou um pouco mais para sair na ofensiva. Em um contra-ataque rápido, Douglas rolou e Guilherme chegou batendo sem potência, ficou fácil para a zaga adversária afastar.
João Limbeck dominou a bola no campo ofensivo e viu César se livrar da marcação, que recebeu e deu uma ajeitada, o chute rasteiro do camisa 99 iniciou a contagem dos gols para cachaceiros!  
Gol de Placa 0x1 Cachaça

 

 

A estreia do Gol de Placa não era uma das melhores. O time construía as jogadas de ataque, mas não estava acertando no último toque.
Danilo limpou bem a jogada e mandou a bola no fundo para Ricardinho, porém o camisa 08 não conseguiu o domínio da pelota que ia te deixar de frente com o goleiro Magro.
Se na troca de passes os atacantes do Gol de Placa não conseguiam passar pela linha dos defensores cachaceiros, a alternativa foi na batida de longe. Wesley finalizou da esquerda e o Magro fez grande defesa.
O nervosismo aparente da equipe do Taboão refletiu nas faltas acumulativa. Foi na cobrança de Shoot Out que o Cachaça dobrou a vantagem: Rafael bateu preciso e mandou a bola na caixa!
Gol de Placa 0x2 Cachaça

Pouco tempo depois Rodrigo bobeou e fez outra infração, dessa vez o Limbeck que cobrou o Shoot Out no terceiro tento cachaceiro.
Gol de Placa 0x3 Cachaça

SEGUNDO TEMPO

Para o último tempo, o Gol de Placa voltou mais firme na partida e já iniciou dando trabalho ao goleiro Porco no chute forte do Danilo pelo centro.

 

 

Com uma equipe mais calma e atenta, os taboanenses finalmente chegaram ao gol. Ricardinho aproveitou o bate e rebate no ataque e ficou com a bola, rolou para Francisco que foi certeiro na finalização.
Gol de Placa 1x3 Cachaça

O goleiro Porco foi quem substituiu o Magro no intervalo dos cachaceiros e o camisa 12 entrou em um momento infeliz, justamente quando o adversário resolveu mostrar o porquê de ser um dos favoritos ao título.
Apesar do Porco ter atuado bem — primeiro, pegou o chute na direita do Matheus e depois fez outra grande defesa na batida do Rodrigo —, entretanto não conseguiu frear todas as investidas do Gol de Placa. O arqueiro já estava vencido no lance do segundo gol que saiu outra vez dos pés do Francisco. Agora na direita o camisa 9 chutou para a meta, a bola ainda bateu na mão de um dos zagueiros, o lance seguiu e o goleador empurrou para a rede!
Gol de Placa 2x3 Cachaça

Pouco tempo depois, ou mais precisamente quatro segundos, foi o que a equipe do Gol de Placa precisou para empatar o duelo. No contra-ataque veloz, Diego tocou para Ricardinho que passou em velocidade, dominou e mandou no gol.
Gol de Placa 3x3 Cachaça

 

Com um ponto para cada lado, o confronto acabou equilibrado em vários aspectos, se o Cachaça jogou muito no primeiro tempo, o Gol de Placa descontou no segundo período. E o MVP ficou do lado cachaceiro: “Um jogo bom, a gente entrou consciente de que eles jogam muito tempo juntos, usamos da nossa juventude e qualidade. Saímos na frente, mas conseguiram o empate”, lamentou Limbeck.

Gols: Francisco e Ricardinho (Gol de Placa). César, Rafael e Limbeck (Cachaça).
Cartões: Wesley (Gol de Placa). Limbeck e Rafael (Cachaça).

Por: Fabi Fonseca
Revisão: Jane Tanan