UNIÃO F.C. 5 x 5 MAGOS F.C.

QUE FESTA!!

UNIÃO F.C. 5 x 5 MAGOS F.C.

A quadra 1 parecia inspirada nesta primeira rodada. E outro “jogaço” ali se fez, pra fechar os confrontos daquela arena. O já residente e reforçado União, contra os empolgantes e barulhentos Bruxos.

Era a expectativa de ver pela primeira vez o Magos, ainda invicto na temporada versus a contestada equipe do União, que na última participação acabou ficando pelo caminho.
E, mais um show de bola em quadra e emoção até o final, para loucura da barulhenta torcida mágica, que por sinal lotou a Arena A5.

E a primeira chance veio com os bruxos, que com muita velocidade no ataque e rápida transição da defesa para o ataque, exigiu ótima defesa de Marcos, tirando um “úhhhh” da sua apaixonada torcida.
Para grandes apreciadores de futebol, era um dia imperdível. O espirito de “Salah” se instalava naquele lugar, e, queríamos que jamais acabasse.
Não deixando por menos, a renovada equipe israelita, com ótimos reforços também exigiu de Derek uma defesa espetacular ainda antes dos 10’ minutos de jogo.

E a grande defesa do arqueiro Mágico, fez com que Déh não perdesse a chance de estrear o placar ainda zerado. O camisa 10 atento na partida, aproveitou a falha adversária e venceu pela primeira vez Marcos, que nada pode fazer. Placar aberto!
União 0 x 1 Magos.

- Fogos, sinalizadores, gritos e muito danone cercava do lado de fora da quadra. Faz a festa, bruxos!!

O União de novo, foi atrás do gol de empate, e, mesmo com a velocidade adversária se fechava bem com Beybe, Marcos e cia atrás. E na frente contava com a habilidade dos seus atacantes. E em um erro adversário Jhonathan desarmou o adversário e finalizou bem no canto de Derek, deixando tudo igual.
União 1 x 1 Magos.
O jogo era aberto, e, as duas equipes mostravam querer sair com a vitória, naquela manhã.
Marcos e Derek eram destaques do primeiro tempo, segurando as fortes investidas ofensivas de seus adversários.

E aos 12’ da primeira etapa, veio outra magia. Os bruxos melhores na partida no momento, marcavam forte e contavam com a falha defensiva do União. Lisboa que não tinha nada a ver com isso, seria o cara da rodada e aproveitou a desatenção adversária e colocou novamente o Magos à frente do placar.
União 1 x 2 Magos.
Como bruxaria, Lisboa parecia infernizar a zaga adversária, e, o que seria feito por ele, era digno de grandes nomes da mitologia aplaudirem. 3’ depois de dar vantagem ao adversário, o camisa 9 mais rápido que a zaga antecipou e aumentou para os invictos.
União 1 x 3 Magos.

Jogo ganho? Jamais! Os Israelitas, como em uma guerra não se entregaram e foram atrás do placar logo após sofrer dois golpes fortíssimos. Ainda antes do primeiro tempo acabar. Marcos segurando a bronca lá na meta, viu Jeferson ganhar de dois adversários antes de finalizar e diminuir o placar. TEEEMOS UM DJÔGO!!
União 2 x 3 Magos.

E parecia que então a feitiçaria seria cobrada. Logo na sequência e com dois gols relâmpagos, vimos mais uma virada na Arena A5. O primeiro com Rafa, após receber belo passe de Jhonathan, só teve o trabalho de empurrar para as redes.
União 3 x 3 Magos.

- “O feitiço virou contra o feiticeiro” – autor desconhecido. Ecoou do lado externo!!

E era isso que víamos ali, no mesmo minuto o União partiu pra cima e em grande jogada individual de Vítor, o camisa 11 deixou Luiz na frente do goleiro, e o craque não perdoou. Era a virada e o silêncio da torcida mágica, no fim do primeiro tempo.
União 4 x 3 Magos.

2º TEMPO

Parecia que a parada esfriou a partida que era a mil por hora na primeira etapa. E nos primeiros minutos de jogo da etapa complementar, vimos algumas investidas do Magos, mas que parava em Marcos.
Já o União, com a virada parecia estar satisfeito com o placar. Mas ainda tinha emoção a vir, e somente aos 13’ que vimos a rede balançar.

E adivinha, quem estava lá para fazer seu Hat-Trick na partida? É, senhores... temos um artilheiro nesta primeira rodada. O L9, recebeu lindo passe de Adriano nas costas da zaga e chegou finalizando de primeira sem chances para o goleirão adversário. Golaço, e, tudo igual novamente.
União 4 x 4 Magos.

Era jogo de estratégia e o sol desgastante acabou judiando um pouco dos atletas na segunda etapa. E com menos ritmo as qualidades individuais se sobressaiam. O Magos como estratégia deu a magia a seu camisa 9, que parecia não ter cansaço. E a virada veio! POKER!

Novamente Driw, em dia de garçom achou Lisboa livre, e, como Ceifador da rodada anotou seu 4º tento na partida deixando o Magos muito perto da sua primeira vitória.
União 4 x 5 Magos.

O União parecia não acreditar na reviravolta que o jogo deu. Mas guerreiro não foge da luta, e, 1’ depois Leo finalizou forte, e o camisa 10 já saindo para comemorar não contava com mais uma defesa espetacular de Derek, salvando o empate da equipe Israelista. Era questão de tempo, porque a pressão era grande, e , nos minutos finais, Jhonathan, em dia de garçom deu passe para Vítor que venceu a meta adversária e deu número finais a partida, em um jogaço de futebol.

Ainda antes do apito derradeiro, Derek de forma incrível salvou o que seria a primeira derrota dos Bruxos na temporada. Fim de papo!

GOLS: Jhonathan, Jerferson, Rafa, Luiz e Vítor (União). Lisboa (4) e Déh (Magos).
CARTÕES:
Leo (União). Bazote (Magos). Por: Jhonny Lima.